quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Pros infernos com o Submarino!!!

Ouvindo: "The Number of the Beast", Iron Maiden.

Salve, pessoal!

O post de hoje é quase um desabafo. De um cliente que ficou muito puto com o pouco caso de uma empresa em relação à sua situação. A história é a seguinte:

Compramos uma geladeira de presente para a minha mãe. Uma geladeira simples, para substituir a que ela tinha há mais de 18 anos. Seria seu presente de Natal.

O Submarino tinha uma bem apropriada. Um preço adequado e uma outra questão: realizaria a entrega em minha cidade, Morro do Chapéu. Pelo frete seria cobrado um valor à parte do produto.

Finalizamos a compra e o Submarino confirmou o débito em nosso cartão de crédito. Agendou a entrega para o dia 01/12 (a compra foi em meados de novembro).

Para fazermos uma surpresa para a minha mãe, liguei para ela e disse que um amigo passaria pelo Morro para deixar umas lembrancinhas que compramos em nossa viagem de férias. Ela esperou todo o dia, ansiosa pelo presente. Nem imaginava o que seria!

No final da tarde, a entrega ainda não tinha acontecido. Liguei para o Submarino e eles afirmaram que o produto chegaria até às 21h30min e que deveríamos esperar.

No dia 02 eu liguei, para falar do atraso. Eles ficaram de me informar o que aconteceu. Liguei novamente no dia 03, no dia 04, no dia 05... Eles me mandaram um e-mail agendando a entrega para o dia 11. E informaram no site que tentaram entregar no dia 02 e não conseguiram, sendo que o agendamento que eles mesmos fizeram foi para o dia 01.

No dia 11, eles não entregaram. Prometeram para o dia 12, depois 14... Entregaram no dia 15, finalmente.

Eu fiz 18 ligações para o Submarino neste período. E ainda respondi alguns e-mails. Ninguém da empresa cumpriu nada do que havia prometido, desde a data de entrega a um simples retorno por telefone. Nada! Prometiam retornar e não cumpriam. Cheguei a perguntar a uma atendente quantas vezes mais deveria aguardar pela boa vontade do Submarino e ela simplesmente disse: "O senhor tem que esperar!".

Desrespeito!

Essa foi a postura da empresa comigo! O Submarino literalmente me obrigou a fazer minha mãe de besta, esperando uma entrega que nunca chegava. Isso foi o que mais me incomodou.

Não sou do tipo de cliente que diz desaforos, que grita, que ofende o atendente quando tem um problema. Talvez esse seja um de meus defeitos! Se tivesse sido grosso e estúpido logo no primeiro atraso, talvez tudo isso não tivesse acontecido.

Após todo o problema, acionei a ouvidoria do Submarino, informando toda a situação e nosso descrédito com a empresa. Foi a única vez que alguém me deu um retorno, com alguma satisfação a respeito. Mas já era tarde. A imagem da empresa já tinha sido suficientemente manchada para nós!

Como não sei o dia de amanhã, não tenho como dizer que nunca mais comprarei naquela empresa. Mas confesso que farei o possível para não ter mais nenhum tipo de relação comercial com eles. E, sinceramente? Se pudesse, pediria para que ninguém mais comprasse lá também.

Abraços a todos.
Digam NÃO ao Submarino.

P.S: Eu disse a eles, quando a pessoa da ouvidoria me ligou: "Não é porque sua empresa não tem princípios que eu irei contra os meus. Não vou desrespeitar nenhum operador na esperança de ter meu problema resolvido. Quando eu atendo alguém no meu trabalho, procuro atender bem porque este é o meu trabalho. Não porque alguém chegou gritando querendo uma solução para o seu problema. Seus operadores estão errados, não a minha ética!".
P.S.2: Uma punição adequada ao Submarino? Não precisa me dar indenização nenhuma (cheguei pensar em ação judicial, antes de receber o produto). Deixe seus canais de compra, todos eles, indisponíveis pelo mesmo tempo que minha entrega atrasou. O prejuízo do período ainda assim não representaria o aborrecimento que senti!

domingo, 6 de dezembro de 2009

É Campeão!!!


Ouvindo: "Hino do Clube de Regatas Flamengo", de Lamartine Babo.


Salve, pessoal!


Como vocês sabem, tento me manter reservado sobre algumas questões e opiniões pessoais. Religião, convicções políticas e futebol são algumas delas.


Mas hoje é diferente!


Após 17 anos de jejum, não poderia me eximir de manifestar aqui a minha alegria!


CLUBE DE REGATAS FLAMENGO

CAMPEÃO BRASILEIRO DE FUTEBOL


Parabéns ao clube e a todos os que contribuíram de alguma forma para esta conquista.

Parabéns a toda a torcida Rubro-Negra, pela fidelidade e perseverança.

Parabéns aos outros clubes e torcedores, pela participação no campeonato e pela esportividade demonstrada.


Saudações Rubro-Negras a todos!


"Uma vez Flamengo, Flamengo até morrer!" - Lamartine Babo.


P.S.: Amanhã vou trabalhar com a camisa do Flamengo. Espero que minha chefe entenda.

P.S.2: Putz! Quase nove anos de empresa e será a primeira vez que vou com uma camisa que defenda opiniões pessoais. Confesso que é estranho até pra mim!

P.S.3: Não, não sou do tipo de torcedor chato que fica discutindo futebol e quase brigando. Fiquem tranqüilos quanto a isso.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Acentuação gráfica

Ouvindo: "On the way home", Legião Urbana

Salve, pessoal!

Pelo título do post e pela descrição do ouvindo acho que já deu pra perceber a diferença: habemos acentos!

Embora o teclado estivesse comprado desde junho (eu acho), ainda não o tinha instalado no notebook. O tempo passou, passou e o que aconteceu: resolvi dar o presente de natal da patroa mais cedo.

Como "formiga sabe as folhas que corta", aqui estou eu, na maior cara de pau, usando o presente que dei pra ela. Afinal, não está escrito em lugar nenhum nas "cláusulas presenteais" que a pessoa que dá o presente não pode usá-lo, não é mesmo?

Para dar mais segurança ainda a esse processo, o computador antigo será devidamente instalado no meu escritório, com o teclado (aquele mesmo, lá de junho). Assim, ficará cada vez mais difícil vocês lerem um post sem a devida acentuação, combinado?

Abraços a todos e até a próxima!

P.S: sem chance de eu consertar os posts antigos. (Pelo menos não por agora...)
P.S.2: para os que realmente acreditavam que eu não sabia acentuar as palavras... Toma aí, papudo! Oras!

domingo, 29 de novembro de 2009

Ilustrando o post anterior

Ouvindo: "A besteira é a base da sabedoria", Falcão.

Pessoal

Tenho me policiado para não xingar, mas não pude resistir! Diante do post anterior, lembrei de um texto que ilustra bem como dizer não de forma definitiva.

O texto envolve palavrões de diversos tipos e qualidades. Mas o parágrafo sobre "Dizer não" é fantástico!

Quem me mandou o texto informou que era do Millôr Fernandes. Se alguem tiver condições de confirmar a autoria, agradeço muitíssimo!

Abraços a todos!

P.S: falando em palavrões, descobri como aprender todos de uma só vez, com o melhor professor. Cliquem AQUI e confiram vocês mesmos!

_________________________________


Os Palavrões - Millôr Fernandes

Os palavrões não nasceram por acaso. São recursos extremamente válidos e criativos para prover nosso vocabulário de expressões que traduzem com a maior
fidelidade nossos mais fortes e genuínos sentimentos. É o povo fazendo sua língua. Como o Latim Vulgar, será
esse Português Vulgar que vingará plenamente um dia.

"Pra caralho", por exemplo. Qual expressão traduz melhor a idéia de muita quantidade do que "Pra caralho"? "Pra caralho" tende ao infinito, é quase uma expressão
matemática. A Via-Láctea tem estrelas pra caralho, o Sol é quente pra caralho, o universo é antigo pra caralho, eu gosto de cerveja pra caralho, entende?

No gênero do "Pra caralho", mas, no caso, expressando a mais absoluta negação, está o famoso "Nem fodendo!".
O "Não, não e não!" e tampouco ou nada eficaz e já sem nenhuma credibilidade"Não,absolutamente não!" substituem. O "Nem fodendo" é irretorquível, e liquida o assunto.Te libera, com a consciência tranqüila, para outras atividades de maior interesse em sua vida. Aquele filho pentelho de 17 anos te atormenta pedindo o carro pra ir surfar no litoral? Não perca tempo nem paciência. Solte logo um definitivo:"Marquinhos, presta atenção, filho querido, NEM FODENDO!". O impertinente se manca na hora e vai pro Shopping se encontrar com a turma numa boa e você fecha os olhos e volta a curtir o CD do Lupicínio.

Por sua vez, o "porra nenhuma!" atendeu tão plenamente as situações onde nosso ego exigia não só a definição de uma negação, mas também o justo escárnio contra descarados blefes, que hoje é totalmente impossível imaginar que possamos viver sem ele em nosso cotidiano profissional. Como comentar a bravata daquele chefe idiota senão com um "é PhD porra nenhuma!", ou "ele redigiu aquele relatório sozinho porra nenhuma!".O "porra
nenhuma", como vocês podem ver, nos provê sensações de incrível bem estar interior. É como se estivéssemos fazendo a tardia e justa denúncia pública de um canalha. São dessa mesma gênese os clássicos "aspone", "chepone", "repone" e, mais há outros palavrões igualmente clássicos.
Pense na sonoridade de um "Puta-que-pariu!", ou seu correlato "Puta-que-o-pariu!",falados assim, cadenciadamente, sílaba por sílaba... Diante de uma notícia irritante qualquer um puta-que-o-pariu!" dito assim te coloca outra vez em seu eixo.

Seus neurônios têm o devido tempo e clima para se reorganizar e sacar a atitude que lhe permitirá dar um merecido troco ou o safar de maiores dores de cabeça.

E o que dizer de nosso famoso "vai tomar no cu!"? E sua maravilhosa e reforçadora derivação "vai tomar no olho do seu cu!". Você já imaginou o bem que alguém faz a si
próprio e aos seus quando, passado o limite do suportável, se dirige ao canalha de seu interlocutor e solta: "Chega! Vai tomar no olho do seu cu!". Pronto,você
retomou as rédeas de sua vida, sua auto estima.Desabotoa a camisa e saia à rua, vento batendo na face,olhar firme,cabeça erguida, um delicioso sorriso de vitória e renovado amor-íntimo nos lábios.

E seria tremendamente injusto não registrar aqui a expressão de maior poder de definição do Português Vulgar: "Fodeu!". E sua derivação mais avassaladora ainda:"Fodeu de vez!".Você conhece definição mais exata, pungente e arrasadora para uma situação que atingiu o grau máximo imaginável de ameaçadora complicação? Expressão, inclusive, que uma vez proferida insere seu autor em todo um providencial contexto interior de alerta e auto-defesa. Algo assim como quando você está dirigindo bêbado, sem documentos do carro e sem carteira de habilitação e ouve uma sirene de polícia atrás de você,mandando você parar: O que você fala? "Fodeu de vez!".

Sem contar que o nível de stress de uma pessoa é inversamente proporcional à quantidade de "foda-se!" que ela fala. Existe algo mais libertário do que o conceito do "foda-se!"?O "foda-se!" aumenta minha auto-estima, me torna uma pessoa melhor.Reorganiza as coisas.Me liberta."Não quer sair comigo? Então foda-se!". "Vai querer decidir essa merda sozinho(a) mesmo?Então foda-se!".
O direito ao "foda-se!" deveria estar assegurado na
Constituição Federal. Liberdade, igualdade, fraternidade e foda-se.

domingo, 8 de novembro de 2009

Aprendendo a dizer nao.

Ouvindo: "Comentarios a respeito de John", Belchior.

Salve, mocada!

Ja se perguntaram sobre o quanto e dificil dizer nao? Ta certo que pra uns e mais dificil que pra outros, mas dizer nao as vezes e um parto!

Chega alguem e oferece um produto. A pessoa responde: "Agora nao, depois eu dou uma olhada!".
A pessoa entra numa loja e o vendedor pergunta se vai levar. A pessoa responde: "Vou dar mais uma voltinha e volto aqui antes de ir embora!".
Alguem pede alguma coisa e a pessoa: "Deixa eu pensar direitinho sobre isso!".

Gente, nos tres casos um simples "Nao, obrigado!" resolveria. Por que cargas d'agua a pessoa simplesmente nao disse isso?

Na boa? Nao falar nao na loja e moleza, nao traz tanto prejuizo. Mas esses mesmos "naos" que a gente nega na loja, a gente nega na vida.

E um nao pro chefe, que pede mais do que deveria...
E um nao pro parente...
E um nao pro amigo....
Um nao pras nossas proprias ideias loucas ou burras....

A gente nao entende que o nao tem a mesma valencia que um sim. So que ao contrario.

Um "nao" nao e bom ou ruim. Nao e nao e pronto. Nao e ofensa, nao e pessoal, nao e perseguicao. E nao e pronto.

As vezes eu acho que temos tanto medo de dizer nao porque o nao e ofensivo pra gente. Ai a gente poupa o outro de ouvi-lo.

O resultado de tudo isso? De tanto nao dizer nao? Voces e que podem me dizer!

Quantas coisas voces fazem porque nao disseram nao?
Quantas perturbacoes voces toleraram porque nao disseram nao?
Quantos prejuizos ja tomaram por esse mesmo silencio?

Se o nao dizer nao se deve ao nosso historico pessoal, a alguma questao filosofica ou mesmo moral, e assunto pra outro papo. Por hora, fica a reflexao sobre nao dizer nao.

Abracos a todos.

P.S: Assim que pensarem sobre o nao dizer nao, comecem a pensar no seguinte: COMO dizer nao?

domingo, 1 de novembro de 2009

Em casa

Salve, mocada!

Estou em casa desde terca-feira, gracas a Deus! Estava sem computador, por isso nao dei noticias antes.

Para voces terem nocao de quantas historias terei pra contar depois da viagem, seguem alguns numeros pra abrir o apetite:

Passei por quatro estados, sem contar o Distrito Federal;
Dormi em seis cidades diferentes;
Dirigi um total de 5.153,2 km (incluindo trechos urbanos);
Fiquei 73horas e 38 minutos ao volante (tempo total).

Muitas Teorias foram confirmadas e/ou refutadas nesses 15 dias de viagem. Falaremos sobre muitas delas aqui!

Abracos a todos!

P.S: acho que esta na hora de levar mais a Psicologia a serio por aqui, ne? Veremos o que pode ser feito.

sábado, 24 de outubro de 2009

Quase voltando

Ouvindo: os tec, tec's dos teclados da sala de internet do hotel.

Pessoal

Tô quase indo embora, depois das longas férias. Maceió é a última parada e retornamos para casa depois de amanhã. Depois de confessar que estava com saudades da minha casinha, confesso que até pensei em antecipar minha volta em um dia. Mas como as diárias já estavam marcadas, vou resistir bravamente por aqui.

Faltam menos de 2000 km. Está valendo muito a pena, tudo tem sido muito bacana mesmo. Mas minha casa me chama!

Abraços a todos e até a volta.

P.S: Não pensem que eu não gosto de viajar. Eu adoro, mesmo. Mas uma das melhores partes da viagem é, sem dúvida, chegar em casa.
P.S.2: Tem outro post em que falo das saudades de casa e dos amigos que estão longe. Pesquisem nos arquivos aí do lado que vocês acham (é um dos posts que eu mais gosto, pra dizer à verdade).

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Rodando pelo Brasil!

Ouvindo: o murmurinho do hall da pousada.

Salve, pessoal!

Continuo de férias, graças a Deus. Depois da breve passagem por Morro do Chapéu, uma brevíssima passagem por Salvador, estou em Aracaju.

Até o momento, tudo as mil maravilhas! Queria muito fazer um post maiorzinho hoje, mas a cerveja gelada e o alto preço do acesso à internet aqui no hotel me fizeram desistir disso. Mas estou juntando boas histórias da viagem para confirmar e refutar muitas de minhas Teorias.

Abraços a todos!

P.S: tentarei fazer microposts, a partir do meu celular. Mas não estou prometendo nada.

quarta-feira, 14 de outubro de 2009


Salve, pessoal!


Estou de férias, em plena Morro do Chapéu. Revendo minhas referências originais, família e amigos tão queridos. Daqui ainda sigo pro litoral antes do retorno à Brasília.


Alguns posts devem brotar daqui. Talvez eles apareçam ao longo da viagem. Talvez não.


Abraços a todos!


P.S.: a imagem de hoje é a Igreja Matriz de minha amada cidade!

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

E se os Behavioristas estiverem certos?

Ouvindo: "Race with the devil on spanish highway", Al di Meola.

Rapaz...

E se os Behavioristas estiverem certos?
E se o velho esquema de contingencia triplice for verdade?
E se essa parada de reforcadores funcionar mesmo?
S - R - C nao e tao absurdo assim?

Explico a angustia de hoje...

Meu professor de karate (ainda na consigo chamar o cara de sensei, e mole?) avisou hoje que teremos exame de faixa na proxima sexta-feira. FINALMENTE!

Eu fiquei 18 longos anos sem treinar karate. E, desde meu retorno, estou cada vez mais ansioso por um exame de faixa, por uma nova graduacao... Na verdade, eu ja estava falando que estava ficando desmotivado, sem me sentir desafiado com o processo em si. Na turma que eu faco nao tem alunos mais graduados, o que nao me permite ter parametros de performance. Nao tenho feito treinos de luta, nao vejo colegas executando exercicios mais avancados... precisava de um novo desafio. E ele vira na sexta, com fe em meu bom Deus!

E dai vem a pergunta titulo de hoje: e se os Behavioristas estiverem certos?

E se minha breve desmotivacao tiver surgido a partir da falta de recompensas no karate?
Tenho manifestado os comportamentos esperados...
Mas nao tenho recebido as consequencias que eu espero.

Nao participar do exame de faixa ate hoje, ter poucos treinos de luta, tem sido estimulos extremamente aversivos para mim. Por outro lado, dias de treino mais pesado, tanto fisica quanto tecnicamente, sao reforcadores altamente positivos.

E nessas horas que me pergunto: e se os Behavioristas estiverem certos?
E se o velho esquema de contingencia triplice for verdade?
E se essa parada de reforcadores funcionar mesmo?
S - R - C nao e tao absurdo assim?

A verdade e que, para melhores esclarecimentos, talvez seja melhor eu comecar a pensar numa serie de posts sobre as (possiveis/relativas) verdades de algumas correntes de pensamento psicologico. Pode ate nao parecer, mas de vez em quando a humildade me ataca e eu sinceramente penso sobre elas!

Abracos a todos! E torcam para que eu tenha resultados no exame de faixa que me sirvam de reforcadores positivos!

P.S: Nao vou mentir que pensar em falar que pensei em falar que talvez, ainda que muito remotamente, possa existir algo verdadeiro no Behaviorismo me deu arrepios...
P.S.2: O PS anterior esconde uma questao: eu verdadeiramente acredito que as teorias psicologicas, todas elas, tenham questoes verdadeiras e uteis. Assim como na medicina existem cardiologistas e pneumologistas, na Psicologia existem varias linhas de atuacao tambem. E precisamos aprender que cada uma trabalha melhor em um tipo de, digamos, enfermidade. Este e um passo que a Psicologia ainda precisa dar e que merece um post inteirinho!

domingo, 20 de setembro de 2009

Os mitos e seus exemplos.


Ouvindo: "Crazy", Seal.



Salve, mocada!

Tenho uma ou outra biografia entre os livros aqui de casa. E mais uma em DVD. Alguns vieram por curiosidade, por necessidade academica ou esportiva. Outros, vieram por admiracao mesmo.

Um bom exemplo disso e o DVD que traz a historia do Michael Jordan. Sua trajetoria, desde a universidade ate o hexacampeonato pelo glorioso Chicago Bulls.


O cara era um exemplo de superacao. Alem de ser um atleta nato, ter um dom extraordinario para o esporte, ele tinha um carisma inigualavel e um carater irrepreensivel.


E por que estar falando de Michael "Air" Jordan logo depois de um post sobre referencias do que eu digo, penso ou falo?

Simples!

Qual crianca nao quis ser que nem seu idolo predileto?
Qual crianca que gostava de basquete nao quis enterrar que nem o Michael Jordan?
Nao quis pilotar que nem o Ayrton Senna ou o Michael Schumacher?
Nao pensou num megashow, tocando guitarra igual ao Clapton, ou bateria que nem o Nick Mason?

Todos esses sonhos de crianca tem uma funcao gigantesca em nossa formacao. E fico muito feliz em ter sido influenciado por idolos tao bacanas. Jordan, por exemplo, e um cara que ninguem tem o que falar mal. Nao tem como nao admirar e tomar como boa referencia. Se eu estudar com a frequencia que ele treinava, se eu buscar na minha profissao o padrao de excelencia que ele buscava na dele, com certeza seu exemplo me sera proveitoso.


Jordan foi um dos meus idolos e ainda e. No meu tempo, quando eu era jovem, ele era a referencia.


Mas, e hoje? Que referencias as criancas e adolescentes tem? Parando pra pensar, sem fazer muito esforco, da ate medo! Os atletas que temos usam dopping ou se envolvem em escandalos sexuais. A musica produz icones pateticos, nao tem nada de qualidade. Os formadores de opiniao sao ridiculos, nao levam ninguem a nada. Quais serao os livros e dvd's de biografias que esta geracao ira produzir?


Em alguns anos eu terei filhos. E tenho certeza, desde hoje, de que farei o possivel para que eles assistam Michael "Air" Jordan e leiam Gichin Funakoshi. Nao tenho a ilusao de que sera possivel impedir que se exponham a uma serie de coisas. Mas, da minha parte, garanto que o zelo sera grande!


Abracos a todos!


P.S: A imagem de hoje e a famosa "Jumpman", que representa o grande Michael "Air" Jordan. Esse simbolo vale uma grana preta e representa muito!

P.S.2: Se a imagem e bacana mesmo? Digamos que quando penso em fazer uma tatuagem ela pesa muito na minha lista de escolhas!

P.S.3: O post de hoje vai com um carinho todo especial pra minha querida Sa e seu filhote Joao, ainda em sua barriga! Pela mamae que tem, esse moleque estara muito bem servido de fantasticas referencias! Beijao Sa e Joao!

sábado, 19 de setembro de 2009

Palavras, palavras...

Ouvindo: "Una palabra", Carlos Varela.

E se minhas palavras nao forem minhas?
E se as coisas que eu penso nao forem verdadeiramente meus pensamentos?
E se as Teorias Marconeanas nao forem nascidas de Marcone?

Sei bem que "todo conhecimento vem de um conhecimento anterior", mas sera que isso se traduz em tudo o que eu penso, escrevo, falo ou canto?

Sempre que eu escrevo aqui
Ou faco uns versos toscos em meu caderninho
Fico imaginando onde ja vi aquelas palavras
Qual musica cantava aquilo
Qual filme trazia aquela ideia
Qual amigo meu me ensinou aquilo...

Vai saber quais palavras sao realmente minhas
Quais pensamentos verdadeiramente me pertencem.

Quais Teorias sao Marconeanas?
Quais sao simples sombras do que eu escuto?

As palavras e suas combinacoes sao infinitas.
As minhas quase nunca me parecem ineditas.

Abracos a todos.

"Una palabra
No dice nada
Y ao mismo tiempo
lo esconde todo".

Una Palabra, Carlos Varela.

P.S.: Comprovando a teoria: a penultima frase de hoje parece ter vindo de uma cancao do Jorge Drexler que diz em um de seus versos: "Hay escritas infinitas palabras".
P.S.2.: Por favor, sempre que virem o uso das palavras de alguem aqui, lembrem-me de citar a fonte.

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Faltam posts

Ouvindo: "Nothing else matters", Metallica.

Pessoal

Ja repararam o tamanho da falta de posts no mercado?

Meu blog e esses que indiquei ai estao todos devendo um pouco. E nao e por falta de assunto. Eu mesmo estou com dois posts rascunhados, no gatilho pra publicar. So faltam alguns breves ajustes para a publicacao. Mas, sabe Deus porque eles nao saem.

Confesso que escrever e um processo que me agrada, me diverte... tenho ate feito pouco, ja que gosto tanto. E a cada dia encontro uma desculpa nova, e sempre coerente, para nao escrever, para nao publicar.

Hoje e mais um dia desses. E, por isso, o post termina aqui.

Abracos a todos. Posts melhores virao.

P.S: Sara, Bruna, Joana e Ivan: escrevam alguma coisa, voces me inspiram!
P.S.2: Carlos Ruas, o seu esta em dias! So falta falar como e que vai ser pra comprar o boneco de Deus.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Post de domingo

Ouvindo: "Por que brigamos", Diana.

Galera...

Sabe aquele bom e velho post de domingo?

Aquele, que me motivava a escrever mais e mais, atualizava voces sobre minha vida, eu falava sobre Psicologia, coisa e tal?

Pois e, hoje estou com preguica de escreve-lo. E, sendo assim, esse post fica igual a um post do novo e famigerado Twitter. Curto, com poucas palavras e sem muito conteudo.

Amanha a gente volta!

Abracos a todos.

P.S: e quem disse que meus posts longos tem conteudo? Ra!

domingo, 30 de agosto de 2009

Quem some e quem aparece...

Ouvindo: "A palo seco", do Belchior.

Galera

O Fantastico, da Rede Globo, fez duas semanas de reportagem sobre um (suposto) sumico do cantor e compositor Belchior. E me fez pensar sobre quem some e quem aparece.

Sabe aquele esquema de quando voce encontra um amigo e diz "ta sumido, hein?"? A gente fala isso mas nunca para pra pensar quem realmente sumiu, se o amigo, ou a gente.

A vida faz a gente correr, a gente se enrola com trabalho, estudo, familia, outros amigos... e, nessa correria, vai sumindo ou aparecendo.

Tenho uma montanha de bons amigos que nao vejo a um bom tempo. E de amigos que, embora eu tenha visto a pouco tempo, nao tenho dado a devida atencao ou dedicacao.

Belchior sumiu voluntariamente. A gente vai sumindo sem se dar conta. Nesse movimento, algumas pessoas somem, outras pessoas aparecem. So lembramos dessas pessoas quando vemos ou vivemos algo que nos remetam diretamente a elas.

Esse sumico nao quer dizer que nao gostamos ou, mais ainda, nao amamos essas pessoas. Apenas nos distanciamos, infelizmente. Mas vale sempre a reflexao sobre o que e como fazer para voltar. As amizades verdadeiras, eu garanto, vao perdoar o hiato existente e, mais ainda, vao nos receber como se nos tivessem visto no dia anterior.

A minha lista de amigos dos quais eu sumi e bastante extensa. Mas eles sabem que os tenho aqui no coracao, verdadeiramente.

Abracos a todos!

P.S: Embora talvez seja injusto com alguns, preciso verdadeiramente relacionar aqui alguns amigos que nao vejo a muito tempo: Joao Paulo, Gislaine, Luciana. Bea Barmell, Sarinha (vejo, mas nao com a frequencia que eu gostaria), Dani Barraqueira, Dani Sambanga, Minha Lu e Camilinha. Roberton. Tatiscleide, Lele, Aninha Goncalves. Fatima e Amanda (estao do outro lado do Atlantico). Isabella Goncalves, Camila Ziese, Joana - Jow. Andre, Thiaguinho, Anselmo. Semiramis (amiga recente, mas de grande coracao). E outros tantos mais. Amo muito voces, e voces nem sabem o quanto!
P.S.2: Nao, nao ha uma ordem hierarquica na listagem acima. Foram nomes que me vieram a cabeca, a medida que fui escrevendo. Mas todos nomes de pessoas que eu Amo muito, muito mesmo!
P.S.3: Joao Paulo, o primeiro da lista, merece mencao honrosa! Tem muito tempo que nao vejo e lembrei dele essa semana, quando fui no nosso bom e velho acai. Temos que colocar a conversa em dia, meu camarada!
P.S.4: Se voce nao apareceu na lista, nao se preocupe! Isso nao quer dizer, de jeito nenhum, que voce nao tem lugar no meu coracao. Como eu disse, listar alguns nomes seria injusto com varios outros. Mas foi um risco que eu tive que correr! Guarde mais a mensagem de hoje do que a homenagem feita. A mensagem foi pra voce, esta enderecada com seu nome, embora ele nao tenha aparecido no PS1 de hoje. Deixe de ciume besta, porra! rsrsrs

Mais abracoes a todos!

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Motociclismo e seguranca

Ouvindo: "A natureza das coisas", Flavio Jose.

Salve, rapaziada!

Outro dia eu falei sobre meus passeios de moto e, pra variar, me fizeram aquela pergunta: "Isso nao e perigoso nao?".

Pra dizer a verdade, e. Como tudo o que fazemos em nossa vida. Mas, tambem como tudo o que fazemos em nossa vida, temos sempre que calcular, minimizar e administrar os riscos.

Primeira coisa: equipamento.
O cara vai na loja, com o dinheirinho contado, compra uma moto e nao sobra dinheiro pra mais nada. Compra um capacete furreca, usa a blusa de frio que ia pra escola e pega uma luva de la pra segurar o frio na mao. Furada total!
Pessoal, moto pede equipamento decente: um bom capacete, uma boa jaqueta e uma boa luva. Pelo menos. Pro uso diario, isso ja resolve! Nao vou incluir aqui bota, calca, protetor de coluna e otras cositas mas. Detalhe: o equipamento tem que ser bom pra voce e pro seu garupa! Deixar quem vai na garupa com aquele capacete que nao serve mais em voce e sacanagem! O investimento tem que ser pros dois!

Segunda coisa: manutencao.
De nada adianta ter um equipamento porreta, uma moto top de linha (temos modelos disponiveis no Brasil acima de 100 mil reais, olha que beleza!) se voce descuida da manutencao. Parte eletrica, motor, freios, sistema de transmissao... o manual da moto sempre traz orientacoes simples que, se corretamente adotadas, aumentam muito a seguranca do motociclista.

Terceira coisa: juizo.
Galera, pilotar e facil. Serio, nao tem misterio nao. O problema e querer fazer prezepada. Correr demais, sair cortando os carros, recortar de uma faixa pra outra querendo ganhar tempo... Juizo, gente, juizo! Andar de forma prudente nao atrasa a viagem de ninguem e faz voce chegar inteiro em casa. Numa boa!

Estou devendo um passeio de moto para algumas amigas minhas. E tenho outras tantas amigas que ja perderam o medo de andar de moto porque andaram comigo. Consciencia, responsabilidade e respeito pela sua vida e pela dos outros sao as chaves para um passeio com seguranca.

Existem revistas, sites e uma serie de outras midias que informam sobre equipamentos, tecnicas de pilotagem e o que mais se referir a seguranca de quem pilota ou anda na garupa. Vale a pena dar uma olhada, sempre que possivel.

E quanto a mim? Estou bem equipado e tentando aprender a cada dia mais. A minha parte de prevencao nesse transito louco eu garanto pra voces que estou fazendo!

Abracos a todos!

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Nova indicacao de blog.

Ouvindo: "A besteira e a base da sabedoria", Falcao.

Galera

Hoje o post e curto, so pra fazer uma nova indicacao de blog. Ate hoje eu ja tinha indicado:

- "Ideiorama", do meu Amigo Ivan: este fala sobre um pouquinho de tudo, com a visao desse grande sujeito.
- "Confissoes de Amadurescente", da louca Joana. Amigona minha (tal qual Ivan, dos meus tempos de Morro do Chapeu) que conta suas historias malucas e seus sofrimentos de Amor.
- "Tu nao te moves de ti", de uma mocinha chamada Bruna. Foi indicacao de Sarinha (vide item seguinte) e trata de "Literatura, cinema, arte e tudo mais que couber", segundo as palavras da propria autora. Muito bom mesmo!
- "Percevejera voce o que eu percevejo?", da minha doce poetisa, Sarinha (essa do item anterior). Pense numa menina que escreve direitinho! Muito legal demais!

Agora eu indico um novo, por indicacao (novamente dela!) de Sarinha. Trata-se do "Um Sabado Qualquer", de um autor chamado Carlos Ruas. Sao tirinhas muito engracadas sobre Deus e suas relacoes com o mundo que Ele criou (segundo a visao do autor, e claro!). Entre os personagens ja estao Adao, Eva e Caim. E por la ja passaram, entre outros, Darwin, Freud e Nietzsche. Muito legal mesmo!

O link ja esta ali entre os blogs que acompanho. E quando eu aprender a colocar o banner do site, ele vai aparecer por aqui! Vale a pena MESMO dar uma olhada!

Abracos a todos!

P.S: Realmente, tenho que me preocupar com a estilistica do blog. Viram o tanto de parenteses que usei hoje? Putaqueopariu!
P.S.2 - RETIFICADOR: Da pra tirar o Putaqueopariu do PS anterior? Uma pessoa preocupada com a estilistica nao pode usar tanto palavrao, porra!

domingo, 16 de agosto de 2009

O sabor da liberdade.

Ouvindo: "Born to be Wild", Steppenwolf.




Essa foto ai de cima foi da entrada na festa do meu casamento, ao som da trilha sonora que escrevi ali em cima.
Sempre quis ter uma moto, mas so consegui entrar para esse mundo em 2004, quando eu ja morava sozinho e nao mais recebia ameacas de despejo pela simples vontade de pilotar. E ter uma moto, acreditem, traz para voce o doce sabor da liberdade!


Ontem sai de moto para um passeio rapido: 200 km, somando ida e volta. Sai de casa, fui no Jeriva, tomei um refrigerante e voltei. E, no caminho ate la, de tempos em tempos eu pensava sobre o sabor da liberdade. So pensava, pois nao cheguei a degusta-lo!

Sei o quanto e dificil descrever sensacoes. Sabores entao, sao mais dificeis ainda. Mas me arrisco a faze-lo aqui. Muito embora eu admita que os irmaos motociclistas que usam capacete do tipo "coquinho" conhecem esse gosto melhor do que eu.

A liberdade tem um sabor facil de descrever: uma pitadinha de borboleta misturada com umas duas ou tres especies de besouros e outros insetos. E serio! Meu capacete esta guardado ali, com todos os que ficaram na minha viseira! Se nao fosse um capacete integral, mas um coquinho, eu estaria saciado do gostinho da liberdade. E de bucho cheio! Hehehe!

Brincadeiras a parte, o prazer de andar de moto, seja pilotando, seja enquanto garupa e indescritivel e extremamente terapeutico. Quem ainda nao e da turma, aproveite a primeira oportunidade que tiver. E, e claro, pilote sempre equipado!

Abracos a todos!

P.S: A moto da foto nao e minha. E de um grande amigo, o Roberton. Acreditem: entrar de Harley-Davidson na festa do seu casamento e tudo de bom! Valeu pela forca, mais uma vez, Roberto!
P.S.2: Se andar de moto e realmente bom? Vejam a carinha de felizes do piloto e da garupa ali em cima. Alem de toda a felicidade pelo casamento, tem a alegria de andar de moto!
P.S.3: Roberto, eu te elogiei mas tu ainda me deve uma volta decente na tua moto. Dez metros de HD nem dao pra sentir o gosto!
P.S.4: Galera, agora e serio: na foto a gente nao aparece com equipamento porque era uma situacao atipica, com o maximo de variaveis possiveis sob controle (eu troquei ate o sapato nessa hora, para ter mais aderencia). O equipamento minimo adequado e capacete (sempre, sempre!), jaqueta e luva, do jeitinho que eu uso abaixo, no momento em que me despeco. Abracos a todos e muita estrada!





terça-feira, 11 de agosto de 2009

Sobre a insonia

Ouvindo: "Beat it", Michael Jackson

Tenho descoberto a existencia de varios tipos de insonia... Mais do que descoberto, tenho experimentado.

Sabe quando voce tem uma preocupacao grande? Daquelas que te consomem, que fazem voce rolar na cama em busca de uma solucao? Ai esta um tipo classico de insonia. Improdutiva, angustiante, deprimente...

Tem outros dias em que voce sofreu um baque muito grande, ficou triste mesmo... sei la, sofreu uma perda grande, alguem que voce Ama nao esta bem... voce deita olhando pro teto e fica la... Ate uma, duas, tres da manha... mais um pouquinho, levanta, toma banho e vai pro trabalho. Pronto! Conheceu outro tipo de insonia.

Tem outro tipo de insonia, este mais interessante e inofensivo (ou seria menos danoso?). E aquela que vem sem motivo aparente e se instala. Conheci essa quando estava no primeiro ano do segundo grau. Sem motivo, sem razao, perdi o sono. Assim, do nada. Uma semana sem dormir. Ficava morto de cansaco, e bem verdade. Mas tive noites bem produtivas. Li "O Mundo de Sofia" em tres dias (noites, na verdade). Uma insonia dessas na epoca da monografia tudo teria sido bem mais facil.

Essa semana descobri mais um tipo de insonia: aquela que voce impoe a voce mesmo. E, acreditem, essa talvez seja a pior de todas.
De domingo para segunda custei a dormir. E, quando dormi, tive sonhos que nao gostaria de ter tido (sobre sonhos falamos outra hora). Resultado: na noite seguinte, eu nao queria dormir. Nao queria correr o risco de ter que sonhar novamente com as coisas que eu tinha sonhado. Fui perdendo o sono por conta dessa angustia e lutava contra o meu cansaco. Um tipo de insonia perturbadora, cansativa... uma insonia que eu mesmo me impus.

Ja consegui dormir um pouco desde entao. E espero poder repetir o feito hoje. Acho que listar quatro tipos de insonia em um so dia ja e o suficiente para mim.

Abracos a todos.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

700 km e tudo muda!

Ouvindo: "Salvation", The Cranberries.

Salve, mocada!

Entre ida e volta, rodei cerca de 700 km de carro esse fim de semana. E impressionante o quanto as coisas mudam depois de 700 km de estrada.

Adoro dirigir e pegar a estrada. Realmente me faz bem, descansa a minha cabeca e me ajuda a ver as coisas de um modo melhor. Vejo com mais coerencia, com mais racionalidade... e isso me ajuda a sentir melhor as coisas.

Luiz Gonzaga dizia: "Coisas que pra mor de ver, o cristao tem que andar a pe". Guardadas suas devidas proporcoes, eu deixo o aviao de lado e pego o carro pra andar por ai. Ver o que temos nas estradas, ver as paisagens, os cenarios, as pessoas... a mente vai abrindo a medida que os horizontes se abrem. Entendemos melhor as coisas, pensamos com mais clareza. A estrada e uma otima metafora para as nossas vidas!

Em outubro, provavelmente, devo bater meu recorde pessoal. Tenho 18 dias de ferias e pretendo viajar de carro. As primeiras simulacoes levam para, pelo menos, 4 mil km. Se meu juizo nao se consertar depois de tudo isso, sabe Deus o que eu vou precisar fazer!

Abracos a todos!

P.S: A musica de hoje e excelente pra ouvir enquanto se esta na estrada. So nao pode empolgar o pe direito (que ela anima, anima!).
P.S.2: Falando em consertar o juizo, estou pensando em voltar pra terapia... alguem ai indica uma Psicologa porreta que aceite convenio e nao se incomode em atender alguem que tenha as proprias Teorias? kkk
P.S.3: Provavelmente teremos novos leitores. Ja esclareco logo: o post esta sem acentuacao grafica ate segunda ordem! Nao estranhem nao saber se o "e" e uma conjuncao aditiva ou o verbo ser na terceira pessoa do singular.
P.S.4: Sim, eu comprei o teclado. Ele e a solucao para a falta de acentuacao do blog. Mas nao comecei a usar. E dai, qual o problema? A gente ja esta se acostumando mesmo.
P.S.5: Outra para quem comecou a ler o blog agora: ele geralmente tem mais PS do que texto mesmo. Comecou como falha minha, mas hoje ja virou recurso estilistico! hehehe.

Abracao novamente!

domingo, 2 de agosto de 2009

"Ha misterio em quase tudo"

Ouvindo: "Desde que te perdi", Kevin Johansen.

Salve, mocada.

A semana foi um bocado puxada. Puxada mesmo. Muita coisa aconteceu, daquelas coisas que exigem de voce uma forca que voce nem sabia que tinha.

Muito acontece em nossa vida e na vida dos que amamos que nao conseguimos entender. Por que alguem perdeu o emprego, por que alguem ficou doente, por que alguem tem problemas... Vemos tudo isso acontecendo e nos fazemos esse tipo de pergunta sempre. Como algo acontece de determinada maneira com alguem especifico?

Muito embora eu nao seja uma pessoa fatalista, tem uma palavra na frase anterior que sempre chama a minha atencao: DETERMINADA. Nao no sentido de forca de vontade, mas no sentido de que algo esta escrito, determinado a acontecer na vida de uma pessoa.

"Somos fruto de nossas escolhas" e eu sempre digo isso. Mas tem coisas que acontecem que nao podemos compreender e so nos resta a alternativa de imaginar que sao coisas que ja estao determinadas para nossas vidas.

Destino? Karma? Vontade Divina? Nao tenho como definir com uma palavra o que determina as nossas vidas. Aquele momento especifico onde perdemos o comando das coisas e passamos a ser meros espectadores ou mesmo personagens de um teatro gigantesco e cercado de misterio. Aprendemos a dirigir, dominamos o nosso veiculo. Mas, em algum momento, passamos pro banco do passageiro e nao podemos fazer nada, alem de contemplar a paisagem e (tentar) aproveitar a viagem.

Na ultima terca-feira, a noite, perdi um de meus tios. O primeiro deles, para dizer a verdade. Nao era o mais velho, nem o que estava com mais problemas de saude. Ele simplesmente se sentiu mal, teve um infarto e morreu. Em casa (como deve ser), nos bracos da esposa. Nao estava doente e tinha apenas 65 anos. Se foi destino, Karma ou Vontade Divina eu nao tenho como dizer/saber. Sei apenas que aconteceu e que foi desta maneira.

Minha tia e meus primos estao ainda muito baqueados com tudo o que aconteceu. Minha mae veio correndo da Bahia, junto com outra tia. Na quarta, as 18h, sepultamos o meu tio.

Entre a noticia e o momento que escrevo este post, muita coisa aconteceu. Muita coisa mesmo. Eu, que ja vi e vivi muitas coisas, talvez muitas mais que minha pouca idade, fiquei surpreso com tudo o que vi e como reagi. Entre a noticia e o momento que escrevo este post, nao consegui derramar uma lagrima sequer. Nao consegui chorar a minha perda, apenas me concentrei em ajudar minha tia que ficou viuva, meus tios e mae que perderam um irmao, meus primos que perderam um pai. Nao me perguntem em como estou suportando tudo isso, mas sao os momentos em que tiramos forcas de lugares que nem sabiamos existir.

Se o que aconteceu estava determinado a acontecer, nao sei. Mas sei o que aconteceu e como aconteceu. E afirmo uma coisa para voces: saber nao quer dizer que temos entendimento. Afinal, como diria o grande Gessinger, "Ha misterio em quase tudo".

Abracos a todos. Rezem por meu tio e pela familia que ficou, eles estao precisando de muita forca.

P.S: Como nao chorei? Nao sei, nao me perguntem. Talvez eu tenha esquecido como e que se faz isso. A dor existe e esta bem aqui. Expulsa-la por meio de lagrimas e que e o problema.
P.S.2: Sobre o determinismo: amigos meus, muito queridos, tem passado por muitos problemas. Talvez tenha que ser assim, por um motivo que nao sei dizer qual e. Talvez seja, pura e simplesmente, o determinismo.
P.S.3: Posts mais felizes virao. Assim espero, pelo menos.

domingo, 26 de julho de 2009

Simples de Coracao


Ouvindo: "Simples de Coracao", Engenheiros do Hawaii.


Salve, mocada!



Essa semana conversei muito com uma colega de trabalho muito querida sobre muitas coisas. E lembrei muito desta musica (deste disco inteiro, na verdade) dos Engenheiros do Hawaii.

Conversamos sobre o quanto tentamos fazer tudo direito: em casa, no trabalho, no casamento, relacoes com amigos e familiares... A gente se consome o tempo todo pra nao desagradar ninguem.

E fato que nunca conseguimos agradar a todos, sempre. Mas a gente so sabe disso racionalmente. O coracao da gente nao entende ou nao quer aceitar isso. Ficamos mal quando pisamos na bola, de alguma maneira. A tristeza aperta, perdemos o sono, nao sabemos o que fazer...

Lembrei da cancao por um motivo simples: o refrao.

"Ja perdemos muito tempo
Brincando de perfeicao.
Esquecemos o que somos
Simples de coracao".

Ainda temos muito a pensar e a conversar sobre esse tipo de coisa. Mas e bom lembrar dessa simplicidade de vez em quando.

Abracos a todos.

P.S: As vezes eu penso que deveria cuidar mais da estilistica do blog. Sinais como 4 "muito" logo no primeiro paragrafo me alertam disso de vez em quando.
P.S.2: Essa imagem de hoje e a capa do cd (na minha opiniao, o que foi melhor produzido na historia da banda).
P.S.3: Este foi o de melhor producao. O melhor disco e outro que eu mostro outro dia.

terça-feira, 21 de julho de 2009

Sinais de uma velhice que se aproxima

Ouvindo: "Uma Ligeira Impressao", Yang (banda de Morro do Chapeu, e claro!).

Salve, mocada!

Dizer que eu me sinto bem velho nao e novidade para quem me conhece. Costumo dizer que, se eu nao soubesse a minha verdadeira idade, facilmente responderia que tenho 40 ou 45 anos. O curioso, entretanto, e pensar como essa sensacao de "idade avancada" se manifesta as vezes. Uma coisa boba ao longo do dia, um fato isolado no cotidiano.

Estava indo ontem (ou foi antes de ontem? Olha a memoria traindo este velho senil e decrepito! rsrs) para o trabalho e, no transito, vi um Subaru Impreza. Um hatch lindo, de tracao integral, que (segundo a Quatro Rodas) anda que e uma maravilha. Olhei o carro e pensei: "Acho que entre ele e o FIAT Linea eu ficaria com o Linea!".

Perai e para tudo!

O FIAT e lindo, sou Fiatista de coracao. Mas o Linea e um seda. O Subaru e um hatch! Seda e carro de velho! Hatch e carro de menino!

As meninas que lerem este post devem pensar: "Que raciocionio idiota! So mesmo um homem besta pra pensar numa coisa dessas!". Mas os meninos e as meninas que gostam de carro devem estar rolando de dar risada e pensando: "Envelheceu mesmo!".

Pessoas, piadinhas a parte, a sensacao foi muito engracada. Nao tenho, nem de longe, a grana pra comprar um destes dois carros hoje. Mas que o pensamento foi esquisito, isso foi!

Abracos a todos!

P.S: Nao tenho a grana, mas nao me incomodo em ganhar um dos dois. Ou os dois.
P.S.2: Aos engracadinhos de plantao, ja aviso: a miniatura de brinquedo tambem agrada. Principalmente se for pra eu montar.

domingo, 19 de julho de 2009

Eu, a Psicologia e os que me cercam.

Ouvindo: "Depois da curva", Gessinger & Leindecker (ali do lado ainda tem o link, vale a pena acessar e baixar).

Salve, minha gente!

As vezes eu fico pensando sobre como a Psicologia influencia a minha vida e, consequentemente, a das pessoas que me cercam. Nao e que eu saia atendendo todo mundo. Mas e natural que tudo o que eu estudei, tudo o que pratiquei gere reflexos na minha forma de pensar e agir.

Um grande amigo meu e bombeiro. Uma pessoa fantastica, do coracao imenso. Um profissional de primeira, alem de tudo. Uma vez, esse amigo sofreu um acidente de carro numa estrada, junto com mais quatro pessoas. Eles ficaram presos dentro do carro e outros veiculos pararam para ajudar. Esse meu amigo, de dentro do carro, orientou o pessoal a fazer o resgate. O treinamento dele, sem sombra de duvidas, foi fundamental pra isso.

Mas, perai! Ele recebeu treinamento pra resgatar os outros, nao ele! Ele e perito em salvar vidas dos outros. Deve ter sido treinado pra se salvar tambem, mas a este nivel? Sem sombra de duvidas, era sua profissao influenciando sua vida e a dos outros.

E a Psicologia? Tambem me influencia ou salva nas horas de perigo?

Tenho uma tia que vive me perguntando quando e que vou "consertar" seu neto. Outras ainda acham que vou dar jeito na familia toda. Alguns amigos que nao sao da Psicologia tambem acham que estou analisando todo mundo o tempo todo.

E eu? Acham que nao fico no aperreio? Acham que tenho sempre a paciencia que recomendo que meus pacientes? Que nunca sofri por amor, nem que tive crises existenciais? (acho que nunca sai delas, na verdade! hehehe). Acham que o treinamento de Psicologia e tao eficiente para o Psicologo quanto o de bombeiro que meu amigo recebeu?

As vezes acho que a Psicologia nunca e pra gente. Talvez seja so para os outros. Sou Psicologo para terceiros, nao como uma atitude para mim mesmo. E, confesso, nem sempre a Psicologia e minha salvadora na rotina diaria. Nao sou Psicologo em tempo integral, nao adianta esperarem isso de mim (ate eu ja desisti dessa ideia maluca).

O pai de uma amiga esta no hospital hoje. Fui correndo pra la encontrar com ela. No caminho, pedia a Deus para iluminar minhas palavras. Psicologos tambem atuam em hospitalar, prestando suporte aos pacientes e as familias. Esperava que isso me ajudasse. Quando encontrei minha amiga, nao teve Psicologia certa: abracei-a com toda forca que eu tinha e tentei passar o maximo de conforto e seguranca naquele Abraco. Sem teorias. Sem praticas Psicologicas. Nao lembrei de nada disso e, naquele momento, nada disso fez falta. Nao da pra ser Psicologo o tempo todo. E, as vezes, ser Marcone "Baiano" Marques talvez seja a melhor opcao.

Abracos a todos!

P.S: O lance do pai da minha amiga e serio. Rezem por ele, por ela e por toda a familia. Eles precisam de suporte agora.
P.S.2: O amigo que e bombeiro? Joao Paulo, meu grande amigo! Estamos os dois sumidos, mas vamos marcar um acai!
P.S.3: Acharam estranho eu falar que peco a Deus pra iluminar minhas palavras e minha atuacao na Psicologia? Depois eu conto coisas pra voces sobre como isso funciona.

domingo, 12 de julho de 2009

Quando os cearenses dominarem o mundo

Galera

Sou baiano, mas reconheco que esse texto dos cearenses e muito bom! Nao sei quem e o autor, mas a pessoa estava inspirada no dia!

Boas risadas e Abracos a todos!

_______

Todo mundo sabe que os cearenses estão por toda parte. Em geral, o cearense é aquele sujeito baixinho que é o guardador de carro em São Paulo , o chefe de um restaurante na Madison em Nova York , o designer que bolou o logo da Eurocopa em Portugal, ou mesmo um borracheiro no interior da China.

O que pouca gente sabe é que, na verdade, isso é uma bem arquitetada jogada que visa a plantar gente nossa em postos-chaves da administração mundial. Quando estivermos prontos, será deflagrada a grande tomada de poder e meu conselho é que você fique imediatamente amigo ou amante de um cearense, pois sabe como é: pros amigos tudo, para os inimigos, a lei!

Tomaremos o poder a partir de uma senha pré-estabelecida, que só um cearense saberá o significado oculto. Aos berros de "Queima Raparigal!" as hostes de cabeças-chatas invadirão os parlamentos e palácios, além de todos os jornais e redes de TV do mundo livre. Ninguém desconfiaria que Francisco das Chagas, humilde faxineiro da CNN (futura afiliada da TV Diário), na verdade, é um professor do ITA que rapidamente conectará a rede de Atlanta para nossos propósitos.

Invadiremos e tomaremos o Estado de Pernambuco, vamos dinamitar a nossa refinaria que eles roubaram e vamos construir outra lá no Pecém; também vamos extinguir os times Náutico, Santa Cruz e Sport Recife. Elegeremos um papa cearense, Raimundo I, que canonizará Padre Cícero e determinará que, daí por, diante, em todas as igrejas católicas a hóstia seja feita macaxeira, farinha, rapadura, alternadamente ou os três ingredientes juntos. O vinho será uma cachacinha de primeira misturada com "Q-SUCO" de uva.

Essa simples bula papal fará com que a economia do Ceará dê um salto. O único problema é achar uma mitra que caiba na cabeça chata do papa, mas nós cearenses sabemos improvisar: Raimundo I usará uma fronha de travesseiro enquanto se encomenda outra. A literatura de cordel ganhará status de arte maior e Clodoaldo Mastrúcio ganhará o Nobel de Literatura com seu livrinho "A moça que engravidou do cavalo e a besta da sua mãe".

Nas artes plásticas, as garrafinhas com areia colorida, os quadros de Xico da Silva e as esculturas de Zé Pinto irão ocupar alas e alas do Louvre. Para arranjar espaço, todas aquelas velharias do Turner vão para o museu de Aracati. A Monalisa fica, pois na avaliação de Serotônio Macêdo, novo curador do museu, ela é uma "cabôca danada de aprumada".

O novo Secretário Geral da ONU será Seu Lunga, que resolverá o conflito Israel/Palestina doando vastas extensões do sertão cearense pros brigões. A ata de doação será concisa e formal. Nas suas palavras: "Magote de fio d'uma égua, bando de mulambeiros, a terra é seca do mesmo jeito e o mar é da mesma cor. Deixem de botar boneco que vocês nem vão notar a diferença e o Ceará ainda é maior que aquela tripinha de Gaza".

A famigerada música cearense tomará o mundo. Numa revanche histórica, as aberturas das novelas globais terão como trilha sonora os seguintes temas: novela das 06h, Belchior, das 07h, Raimundo Fagner, das 08h, Aviões do Forró. Vamos aperfeiçoar o Oscar. Bolaremos uma categoria que premiará o melhor filme de cangaço, melhor cena de amor numa jangada e melhor mocotó. O cruzamento mais famoso do Brasil não mais será "Ipiranga com Avenida São João" e sim Barão do Rio Branco com Liberato Barroso.

O jornal do 10 será transmitido para todo o mundo com a seguinte noticia:* O rodeio será substituído pela vaquejada; Coca-cola pela água de côco; Garota de Ipanema por Garota da Barra do Ceará; Praia de Copacabana por Praia do Futuro; Fla x Flu por Ceará e Fortaleza, Real Madrid por Ferroviário; Central Park por Parque do Cocó; As torres gêmeas, que já foram destruídas mesmo, por Palácio do Progresso; As melhores faculdades européias pelo Liceu do Ceará; Demitiremos Gugu Liberato e Faustão e colocaremos em seus lugares João Inácio Jr e Ênio Carlos; Roberto Carlos por Babau do Pandeiro; Funk por Xaxado; Disneylândia por Beach Park; Av. Paulista por Bezerra de Menezes; Canecão por Siará Hall (na Washington Soares é show); Escolas de samba por quadrilhas juninas; Chiclete com banana por Mastruz com Leite; Colocaremos alguns cearenses nas presidências dos principais países como: França: Cid Gomes (pela "delicadeza" de seus gestos); Cuba: Inácio Arruda; Argentina: Débora Soft (ela é burra mesmo e eu quero mais é que a Argentina se exploda). O mundo encontrará a saida para a fome: Farinha com rapadura!

A primeira ministra da Inglaterra será Patrícia Gomes. A capital do Brasil será Fortaleza. A capital do mundo ainda será Nova York, mas a gente vai rebatizá-la de Nova Quixeramobim e vamos trocar aquela estátua cafona por uma enorme estátua da Índia de Iracema. Yeah! Não vejo como o plano possa falhar, pois cada vez mais nossos agentes se espalham pelo Brasil e pelo mundo todo. Só nos resta esperar, de preferência no fundo de uma rede, enquanto as engrenagens giram por si. Adeus e até a vitória! Como sou modesto, quero para mim apenas um título de nobreza e umas terras anexas, de preferência o município de Caucaia que é vizinho da capital e tem belas praias.

Saudações cearenses!!!

E que nosso Padim Pade Ciço teja com todos nós!!!

terça-feira, 7 de julho de 2009

E a Psicologia?

Ouvindo: "Quanto vale a vida?", Engenheiros do Hawaii.

E a Psicologia, hein?

O blog comecou como uma forma de expressar e divulgar um pouquinho de Psicologia, seja sobre o vies de autores classicos, seja sob o olhar contemporaneo. A salada disso tudo daria, com certeza, as grandiosas Teorias Marconeanas.

A divulgacao do blog ultimamente tem sido bem sincera: as publicacoes tem sido quase um "Querido Diario", nao versando muito sobre Psicologia. Originalmente, a ideia tambem era a de conciliar Psicologia com a vida diaria, cotidiana de todos nos. O "Querido Diario" bem que poderia estar se prestando a isso.

Tenho sonhado muito ultimamente (muito mesmo!) e confesso que a influencia de sonhos e de Jung sobre minha forma de pensar a Psicologia sao muito grandes. Talvez por isso esse post sobre a necessidade de voltar a escrever e, mais ainda, pensar em Psicologia.

Nao vou prometer nada dessa vez (as promessas sobre o blog vinham me fazendo cair no descredito) mas espero que possa voltar a falar sobre a Psicologia por aqui muito em breve.

Abracos a todos.

P.S.: Se os posts tipo "Querido Diario" vao continuar? Com certeza! Eles tem sido uma boa forma de terapia para mim. Espero poder continuar contando com a paciencia de voces.

segunda-feira, 6 de julho de 2009

E o post de ontem, hein?

Ouvindo: "Guerra de facao", Wilson Aragao.

Salve, mocada!

Fui questionado sobre o post de ontem. Se foi comigo, onde foi, como foi, quando foi...

Pode ser comigo ou com qualquer um. Pode ter sido um evento recente ou uma lembranca antiga. Quem de nos que nunca passou por isso? Em casa, no trabalho, no colegio ou faculdade, com os amigos... Quem de nos nao chegou a conclusao fantastica de que um belo "Porra nenhuma!" era a melhor solucao para os nossos problemas?

Mudancas sao semrpe desejadas, parece que nunca conseguimos ficar quietos. A indignacao tambem e sempre uma constante. A combinacao dos dois, entao, pode nos mover a muitas coisas ou nos fazer agir sabe Deus de que forma.

Todo o post de ontem foi verdadeiro, meus camaradas. Fatores como temporalidade ou contextualizacoes nao sao os mais adequados para discutirmos aqui neste momento. Pensem apenas em quanto aquilo se aplica a algum momento da vida de voces, em maior ou menor medida, e facam suas oracoes para os que eu desejei que se fossem ou que ainda se vao.

Como diria Gessinger, quase que especialmente para estas situacoes: "Em resumo: etcetera e tal!".

Abracos a todos.

P.S: O post ficou meio confuso hoje, ne? "To te confundindo pra te esclarecer", como dira Tom Ze.
P.S.2: Sabe o Wilson Aragao citado logo ali em cima, na musica de hoje? Tem um verso nessa cancao que diz: "A dor do outro e que nem todo mundo e besta". Vale a reflexao.

domingo, 5 de julho de 2009

"Porra nenhuma, velho!!!!"

Essa era a unica resposta que havia no momento. Impossivel pensar ou cogitar qualquer coisa.

A cara do chefe, ao ouvir essa assertiva no minimo veemente, foi aquela que voces podem imaginar. E emendei: "Nao compactuo com essa porra de jeito nenhum! E digo mais: eu so digo isso!".

Quem estava ao redor olhou pra ver o que acontecia. O chefe olhou prum lado, olhou pro outro, bufou e saiu. Devia acreditar que sua cara feia, bico de indignacao e caminhada voraz rumo ao gabinete de quem era mais chefe ainda me intimidariam. Continuei calado e assim procurei permanecer por alguns meses. Choveu em periodos que nao choviam, fez seca onde a agua antes era abundante. E o tempo passou.

Pessoas cairam da Montanha da Perdicao e a forca nordestina voltou a prevalecer. O Sul e o Norte agora compartilham as mesmas origens em seus reinados. E a diaspora dos impios se iniciou.

Nao sei quantos mais se espalharao pelo mundo. Sei apenas que as recentes mudancas, todas elas, sao fontes de esperanca, nao somente para mim, mas para muitos.

Tenho fe em Deus de que frases tao marcantes nao precisem ser repetidas por tao cedo (quica nunca mais!). A chegada da Musa, toda a sorte e felicidade do mundo. A governanca nordestina, muita sabedoria e iluminacao divina. Aos que partem (e aos que tenho fe de que ainda vao partir), Deus ilumine os seus caminhos e os facam ser felizes bem longe de mim e dos que eu Amo.

Abracos a todos (ou a quase todos, esses que vao pra longe nao merecem nao!).

P.S: Nao inclui no inicio por achar que nao cabia na estrutura do post. Mas estava ouvindo "Lado a lado", do Engenheiros do Hawaii (album "Simples de coracao").
P.S.2: Tem novos links de blogs ai do lado. O de meu amigo Ivan, com o seu Ideorama e o "Tu nao te moves de ti", de Bruna (nao conheci ainda!) que me foi indicado pela Sabia Sara, minha doce poetisa!

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Peruagueti ou Pirigueterua?

Ouvindo: "The Trooper", Iron Maiden.

Galera

As ferias evidenciaram algo que eu ja tinha visto mais ainda nao tinha dado importancia. A mistura de tipos de pessoas numa pessoa so.

Vi em Campos do Jordao e em Sao Paulo tambem. Mas vamos trazer a situacao para a realidade daqui de Brasilia.

Sabem as Piriguetes? Todo mundo ja viu uma e sabe como se veste: calca da gang, topzinho e sandalia de acrilico. O comportamento entao, dispensa comentarios.

E as peruas? Roupas extravagantes, penduricalhos mil no pescoco, cabelos que parecem o capacete da Cassandra do Sai de Baixo (lembram dela?).

Os dois tipos sao muito comuns e faceis de encontrar. Mas, durante as ferias, descobri que os dois tipos muitas vezes se juntam! E o resultado e uma comedia, para usar um termo bem leve.

No Parkshopping tem um corredor novo que costumo chamar de "Ala Proibida". Passeando por la com minha esposa ja vimos vestidos de 5 mil reais e uma sandalia por (pasmem!) 4.890 reais! (NOTA: nao, a patroa nao comprou nada disso. O blog ainda nao esta dando receita nenhuma, se querem saber!). Essa ala e o lugar propicio para ver pessoas que correspondem, simultaneamente, as duas descricoes feitas acima.

Peruagueti ou Pirigueterua? A nomenclatura nao e das mais faceis, mas faz-se necessaria. Um grupo cada vez mais significativo como este nao pode ficar sem categorizacao.

Comecem a reparar a seu redor: sua chefe, a irma do seu amigo ou ate mesmo a sua tia! Alguma dessas pessoas certamente vai se enquadrar nessa categoria e vai fazer voces darem boas risadas! Mais risada ainda vai ser quando voce pensar: "Putz, ja peguei uma e nem sabia!". kkk

Abracao a todos!

P.S.: A ala proibida tambem tem coisas acessiveis. A loja da Adidas tem coisas bem interessantes. A Haggen-Dass (escreve assim mesmo?) tambem fica la!
P.S.2: Meninas leitoras, o termo "pegar" do ultimo paragrafo foi apenas para transmitir um carater jocoso ao comentario e deixa-lo mais engracado. Nunca acreditei nesse negocio de pegar ou ficar. Sempre fui menino de namorar. E respeitador, e claro!
P.S.3: Tenho novas dicas de blogs para voces acompanharem. Depois eu incluo ali do lado!

terça-feira, 30 de junho de 2009

Ainda em ritmo de ferias...

Ouvindo: "Anoche sonei contigo", Kevin Johansen.

Galera

As atualizacoes perderam a frequencia, eu sei... Mas deem um desconto!

Duas semanas de ferias
Antes e depois das viagens a casa recebeu visitas
A tradicional preguica/leseira baiana tem me acometido muito mais.

Estou devendo minhas impressoes sobre a viagem e sei que poderia registrar tambem aqui fatos que ja foram registrados em todos os outros lugares. Deixa so eu criar coragem que volto a todo vapor!

Abracos a todos!

P.S: comprei o teclado, mas como a casa ainda esta movimentada, ainda nao consegui estabelecer o escritorio como base operacional. Por isso os posts continuam sem acentuacao.
P.S.2: os posts que fiz recentemente com acentuacao foram feitos no celular. O celular pifou esse final de semana. Esperemos pelo teclado portanto.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

A madrugada

Sabe quando voce tem sono e nao consegue dormir?

Tem uma dor que o remedio demora a agir?

Pensa em coisas que nao consegue exprimir?

Junte tudo com a expectativa de uma viagem logo cedo e qual e o resultado? Um post curto com quatro paragrafos, feito na cama teclando no celular. So Deus na causa mesmo...

Abracos a todos. Beijao mais que especial para Sarinha pelo seu aniversario. Te Amo demais, viu menina!

P.s.: falando em Sarinha, seu blog esta a cada dia mais sensacional! O link esta ai do lado, facam uma visita!
P.s.2: falando em blog de Sarinha, acho que vou copiar muita coisa de la pra colocar aqui. Hehehe!

sábado, 20 de junho de 2009

De volta a Brasilia!

Assistindo: Sr e Sra Smith

Pessoal

De volta pra casa!

Depois de Sao Paulo - Aparecida - Campos do Jordao - Sao Paulo de novo, estou de volta pra casa!

Ainda desfazendo malas, ainda tentando descansar da viagem. Muitas impressoes, muitos comentarios a fazer. A viagem rendera boas cronicas, artigos e, quem sabe, ate posts!

Abracos a todos e ate daqui a pouco!

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Apanhando do Macintosh

Ouvindo: o burburinho do cybercafe.

Galera

Estou em Campos do Jordao. Um frio retado, muita cerveja gelada (carissima, diga-se de passagem). Precisei olhar uns e-mails numa lanhouse e aproveitei pra fazer um post rapidinho. Estou apanhando do macintosh, mas pelo menos serve pra dar noticias.

Amanha desco pra Sao Paulo. Vamos ver o que tem de bom por la! (Se alguem tiver alguma dica, que nao seja aquela rua da data de marco, pode me avisar!).

Abracos a todos e ate a proxima!

domingo, 14 de junho de 2009

Ferias, Ferias, Ferias!

Assistindo: a quarta vitoria do Lakers - 15o titulo da franquia (a vaca ja deitou!).

Amanha cedo desco pra Sao Paulo e de la pra Campos do Jordao. Muito frio, muita comida, muito vinho e muita cerveja (a Baden Baden que me espere!).

Posts periodicos, sempre que possivel. Mas a prioridade vai ser curtir a viagem! rsrs

Abracos a todos e ate a proxima!

P.S: alguem ai sabe de alguma atracao de Campos do Jordao? Se souber manda por aqui como comentario ou pro meu e-mail mesmo!

sábado, 13 de junho de 2009

Post de ferias

Assistindo: Flamengo X Universo (Finais da NBB).

Galera

As ferias chegaram! A casa ja esta cheia (tio e primos visitando) e as malas estao quase prontas. Viajo na segunda e fico uma semana longe de tudo.

Ferias merecidas, diga-se de passagem. O inicio do ano foi complicado no trabalho, o estresse e a pressao rolaram pra valer. Esperanca de mudancas e melhorias na minha volta, com fe em meu bom Deus!

Os posts deverao ficar raros esta semana. Tenho muita coisa pra conhecer e muita cerveja pra tomar. Se achar um tempinho, faco uma atualizacao pelo celular (muderno, esse menino!). Enquanto isso, acompanhem os blogs que acompanho. A galera que escreve os outros blogs nao esta de ferias! hehehe

Abracao a todos!

quinta-feira, 11 de junho de 2009

A futuro está chegando!

Assistindo: Magic X Lakers.

O futuro esta chegando ao nosso blog! Este é o primeiro post que faço do celular. Mais uma chance de postar com mais freqüência.

Abracos a todos!

P.S.: Eu gostei da novidade. Mas confesso que teclar tanto no celular cansa a mão! Rs.
P.S.2: Viram que teve até acentuação? O negócio é chique, rapaz!

domingo, 7 de junho de 2009

A real funcao dos sonhos.

Assistindo: "Meu nome e Radio".

Salve, minha gente!

Na noite de sexta pra sábado eu tive um sonho longo. Longo de verdade.

Sonhei que reencontrava um antigo chefe. No inicio, eu tentei despistá-lo, evitar falar com ele. Não sei como ou porque, começamos a conversar. Eu não queria falar nada, não queria conversar com ele. Muito menos sobre tudo o que aconteceu no trabalho.

Eu estava com uma moto, que não e a minha. E a empurrava como quem empurra uma bicicleta. E começamos a conversar.

Eu falava muito. Sobre as coisas que aconteceram no trabalho e me incomodaram, sobre as decisões que foram tomadas e julguei injustas para comigo... Pensei em falar das suspeições que eu tinha (nada concreto, 100% especulativas), mas não falei. Falei dos fatos que aconteceram, mas não falei o que eu sentia a respeito. Que tinha me sentindo ofendido, que havia me aborrecido, coisa e tal. Apenas narrei os fatos.

Acordei sentindo que deveria ter dito tudo a ele. Que, inclusive, poderia ter extravasado, batido boca, xingado, ate esmurrado o cara ali mesmo. Mas, por outro lado, me senti bem mais leve por ter falado tanta coisa. Alguma utilidade realmente teve, embora eu continue sem querer encontrar com meu antigo chefe.

______

Freud e Jung falaram muito sobre sonhos. Sua interpretação, seu simbolismo, a analise do conteúdo... Tudo isso e muito fascinante, mas perde muito de sua importância se perdermos de vista os resultados de um sonho na vida de uma pessoa.

O que queria dizer cada manifestação no meu sonho, ou cada símbolo, eu ainda não parei para entender. Mas entendi, ao longo do dia, que talvez eu verdadeiramente não precise falar tudo diretamente ao meu ex-chefe. O que tinha para ser dito talvez foi dito ao longo desse sonho. E a forma como eu me comportei talvez tenha feito de mim uma pessoa melhor, sem a necessidade de difamá-lo ou mesmo esmurrá-lo.

Esse e o verdadeiro sentido de um sonho, a real função do ato de sonhar: podemos resolver algumas coisas dormindo de forma tão verdadeira ou ate mais eficiente do que acordados.

Abraços a todos e bons sonhos!

P.S: Comprei o teclado novo. A partir de amanha os posts terão acentuação.
P.S.2: Acho que muitos capítulos sobre sonhos ainda virão. Foi um assunto extenso para Freud, Jung e também será pra mim.
P.S.3: Ivan, bem vindo ao grupo! E sempre bom ter (bons) amigos de infância por perto!

quarta-feira, 3 de junho de 2009

"Everybody else is doing it, so why can't we?"

Ouvindo: "Zombie", The Cranberries (a mesma banda desse disco ai de cima).

Ja repararam como muito daquilo que a gente faz acaba validando ou alimentando aquilo que a gente condena?

A gente acha errado a sonegacao de impostos, mas nao pede a nota fiscal na padaria.

A gente condena o excesso de velocidade mas so freia perto do pardal.

Ficamos preocupados com um amigo ou parente que bebe demais, mas sempre o convida pra uma festa que tem cerveja.

Chamamos o politico de ladrao, mas nao acompanhamos o seu trabalho.

E uma serie de outras coisas que funcionam desse jeito: condenamos, achamos errado, mas sempre fazemos algo que apoie tudo isso.

E no dia a dia? Com nosso chefe, nossos colegas, parentes e amigos? Sempre criticamos algo, mas nunca paramos para pensar como contribuimos para aquela situacao que e fonte de nossa critica.

E hora de parar, pensar e entender como funcionam os nossos circulos viciosos. Se conseguirmos fazer isso, ja sera grande coisa.

Abracos a todos.

"Sempre as mesmas desculpas. E desculpas nem sempre sao sinceras. Quase nunca sao." - Legiao Urbana

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Atualizacao - Post do TopLetras

Pessoal

Fiz o post que falava sobre TopLetras e comentei que o Costinha sabia uma ou duas palavras a mais que eu, lembram?

Pois e, comentei, mas esqueci de por o link. Vai aqui agora, pra me redimir do erro!

Abracao e boas risadas!

http://www.youtube.com/watch?v=b0GedXVwvwA

Henry Ford e a medicina

Ouvindo: "Frontera", de Jorge Drexler.

Hoje foi mais um dia de visita ao medico. Duas vezes, inclusive.

Pela manha, fui em um hospital no Plano Piloto. A tosse esta me matando, tem dois dias que eu nao durmo direito. Nao teve jeito. Fui la perguntar se isso era normal da sinusite ou se carecia de nova intervencao medicamentosa (a medica que consultei na quinta nao me passou nada para tosse, apenas o antibiotico para a sinusite e um remedio contra as febres e dores de cabeca que sao consequencia da doenca). Fui em um hospital, a fila estava imensa. Fui no outro, quase do lado, a fila estava maior ainda e a coisa estava super desorganizada. Voltei ao primeiro, peguei a senha e aguardei para fazer a ficha.

A fila estava grande, mas ate que para o primeiro atendimento (apenas fazer a ficha para ser atendido) estava andando bem rapido. Entreguei minha carteirinha do convenio, com a identidade (sim, esse caos era em hospitais particulares), prestei as informacoes necessarias e ouvi um "Osenhoraguardaserchamadopelonomemelhoras" assim mesmo, sem espaco, sem pontuacao, de tao automatico que aquilo ja era para o a atendente. Cumpri a determinacao. Sentei num banco desconfortavel e aguardei ser chamado pelo nome. Com estimas de melhoras, e claro! Chamam um, chamam outro e vem a minha vez. Corro pro consultorio.

O medico era novo, nao aparentava mais do que seis meses de profissao. Isso se nao fosse estagiario. Nenhum problema nisso, ate porque fui estagiario de Psicologia e meu atendimento era de qualidade.

- Bom dia!
- Bom dia, respondi.
- Qual o problema?

Entreguei os resultados dos exames da quinta anterior e copia do receituario. Falei da tosse que muito me incomodava e nao me deixava dormir. Tudo isso na velocidade em que voces leram essas duas ultimas linhas.

- Realmente, o diagnostico da colega indica sinusite e a medicacao prescrita e a mais adequada. Este antibiotico serviria inclusive para pneumonia, caso houvesse a suspeita. Um instante que vou auscuta-lo!

Colocou o estetoscopio em meu peito e em minhas costas e me pediu para respirar. "Nenhum chiado, vou prescrever um xarope para complementar a medicacao". E acabou por ai mesmo.

Fui pro trabalho, tossi o resto do dia (ainda tusso agora a noite) e nao engoli aquela conversa. Atendimento esquisito! Nao me senti atendido, a verdade era esta!

Erika me ligou e pediu para ir busca-la. Comecou com uma crise de garganta e estava febril. Corri com ela para o hospital, o mesmo que me atendeu na quinta feira. Aproveitei a viagem e fiz uma ficha para mim tambem. Desta vez, uma medica, mas tambem novinha.

-Doutora (nao sei porque eles sao chamados assim. Mal e porcamente sao bachareis. Mas mantive a conduta social necessaria naquele momento), o meu caso e o seguinte: E rezei a ladainha, mostrando os exames de quinta, coisa e tal.

-Essa tosse e propria da sinusite.
-Tem alguma coisa pra aliviar? Tem duas noites que eu nao durmo.
-Posso prescrever um xarope, mas a tosse e normal.
-Quer dizer que tenho que tossir ate o tratamento com antibiotico acabar?
-Sim.

Acabou a minha consulta. Ela olhou pra Erika e disse:

-E o seu problema?
-Minha garganta fechou ao longo do dia. Amanheci boa, mas fiquei mal de uma hora pra outra.
-Deixe-me ver (aproximou aquela espatula de palito de picole). Realmente, esta bem fechada. Vou passar uma injecao.
-Benzetacil? - Perguntou minha esposa.
-Sim.
-Erika, voce tem alergia a penicilina ou algum outro medicamento? - Eu que perguntei isso!
-Nao que eu saiba.
-Aqui estao as prescricoes. Voce ja toma as injecoes agora.
-Doutora, que medicamento e esse, alem da benzetacil? Administracao intravenosa? Precisa mesmo disso? - Eu que perguntei de novo!!!
-Sim, para aliviar a garganta.

Levei Erika para a parte onde se administra os medicamentos e fiquei pensando: cara, nao estou num hospital. Isso e uma linha de producao, no melhor estilo do Henry Ford! Ela nem perguntou o nosso nome. De manha foi a mesma coisa! Nao se preocupou com a gente, nao mostrou empatia. Apenas quis atender. E bem capaz que, a essa hora, eles estejam num cafe conversando: "O paciente 98273B estava com sinusite". E so. Um numero apenas!

Entendo que ha um contrasenso nessa historia toda: enquanto eu espero, quero que ande rapido e chegue a minha vez. Mas, enquanto sou atendido, quero atencao, dedicacao e respeito ao meu problema. E hoje nao existe mais isso! Os medicos querem um numero, uma quantidade, uma serie de carteirinhas de convenio pra faturar no fim do mes. Danem-se os pacientes e seus historicos de vida. Sintomatologia e olhe la. Isso e a medicina moderna, minha gente!

Confesso que queria um medico de interior. Daqueles que conhece sua mae, tios e avos. E sabe que o que voce tem pode ter a ver com a familia ou com os habitos de vida que voce leva. E nao apenas te diagnosticar com base num raio-x de merda.

Abracos a todos, melhoras pra mim e minha patroa. E evitem os medicos, oucam o que eu digo!

P.S: Gostaria de fazer algumas ressalvas: alguns medicos de Morro do Chapeu ainda sao muito bons e atendem a gente do jeito certo. Aqui em Brasilia, achei tres ou quatro deles, ate agora: Dr. Gandara (cardiologista), Dr. Rodrigo (ortopedista) e Dr. Edmar (oftalmologista). Se eu lembrar de mais algum eu indico pra voces!

domingo, 31 de maio de 2009

E a crise continua, companheiros!

Ouvindo: "Conto de Fraldas", Tianastacia (achei no youtube, oi que belez, como dizem os mineiros!).

A crise continua, companheiros...

Nao a crise financeira (outra hora falo sobre o que penso dela! hehehe), mas a minha crise de sinusite. Melhorei, e bem verdade, mas estou longe de estar 100%. Nao sei o que houve com o meu fator de cura, mas ele nao esta funcionando direito...

Pra completar, a TV pifou de novo. Ontem nao vi o documentario do Kobe Bryant, por causa do aniversario da minha priminha (tem um post sobre isso, voce nao acompanha o blog nao, e?) e hoje vou perder o especial do Danilo Caymmi no Canal Brasil. Quando eu nao tinha televisao nao passava por estas raivas. Nao tinha expectativa nenhuma mesmo! rsrsrs

Sem TV, pensei em postar. Mas fiquei com preguica e nao vou fazer post nenhum hoje. Vou jogar Top Letras com a patroa (ela jura que tem o vocabulario melhor que o meu. Nem o Costinha sabe tantas palavras quando eu - confira aqui).

Como eu nao vou postar, transfiro o trabalho pra alguem: Sarinha atualizou o blog dela e ficou otimo! Ali do lado tem o link pro "Percevejera voce o que eu percevejo?". Cliquem la e depois me contem o que acharam.

Abracos a todos, fiquem com Deus e um bom comeco de semana pra todos!

P.S: Torcam por minha melhora. Quinta comeca o campeonato de basquete do trabalho e eu preciso ter condicoes de jogar!
P.S.2: Fui a missa hoje, depois de muito tempo. Acho que isso merece um post tambem. Depois eu faco!
P.S.3: Se alguem ai me achou arrogante por causa do Top Letras pode vir pra cima! A gente marca a disputa na hora que voces quiserem!
P.S.4: Sem essa, Rodrigo! Tu ganhou aquele dia de sorte! So porque comecou a usar palavroes primeiro!
P.S.5: "O cara casou e fica jogando Top Letras", alguem deve ter pensado. Claro que jogo! Acham que vida de homem casado e so ficar cuidando do fogao e lavando roupas? Ora essa, facam-me o favor!

sábado, 30 de maio de 2009

E Viva a Vida!

Assistindo: Cleveland X Orlando (acho que o Magic fecha a serie hoje!).
Ouvindo: "Depois da Curva", do album "Pouca Vogal", de Gessinger & Leidecker (o link pra download esta ai do lado).

Hoje tivemos mais uma celebracao a vida!

Aniversario da filhinha do meu primo. 4 aninhos! Uma festa muito bacana, cheia de criancas da familia.

Mas a maior celebracao eu nao acho que tenha sido pelos 4 anos da crianca. Acho que foi a vitoria do pai dela.

Meu primo teve um linfoma (uma especie de cancer), bem pouco tempo atras. Muita tensao, medo, inseguranca... tratamentos de quimio e radioterapia. Aquele estresse todo que so quem teve algum caso proximo tem como saber (nao desejo a ninguem!).

E o meu primo? Pensar no estresse da familia nao e nada. Tentem se imaginar na situacao dele. Eu juro que nao sei como reagiria.

Meu primo se mostrou sereno. Entre uma etapa e outra do tratamento, ia pro trabalho. E trabalhava duro. E cumpria suas metas. Emagreceu um bocado, perdeu um tanto de cabelo. E sua preocupacao era com sua filha. Em querer ve-la crescer, em estar perto, em ser pai. E, gracas a Deus, ele venceu!

Reagiu bem ao tratamento e venceu a doenca. Seu sonho de ver a filha crescer continua se realizando, vendo-a fazer 4 anos hoje. Esta sim foi a verdadeira celebracao a vida que testemunhei hoje.

Que nos sirva de exemplo. Pela perseveranca, pela forca, pela FE. Eu aprendi com ele. Espero que esse breve testemunho sirva para aprenderem tambem.

"Amanha talvez
Esse vendaval
Faca algum sentido".

Abracos a todos!

P.S: A semana e de festa! Pabao esta ai com a familia! Vamos andar de moto, meu velho!

sexta-feira, 29 de maio de 2009

As atualizacoes continuam...

Ouvindo: "Violero", de Xangai.

O problema de garganta na verdade era uma sinusite. Pelo menos foi o diagnostico que recebi ontem no hospital, apos uma consulta e algumas radiografias da face. Curiosamente, so ganhei atestado pra ontem e hoje eu retorno ao trabalho. Mas as atualizacoes continuam!

Justamente por continuarem, peco paciencia em relacao a algumas ziquiziras que o blog pode dar. Por exemplo, tentei instalar um contador de visitas, para ter dados estatisticos sobre o acesso. So que a porcaria nao conta nada e so fez deixar um espaco em branco ali do lado. Ainda estou pesquisando uma ferramenta pra isso.

O player que eu gostaria de instalar: alem de nao estar achando a ferramenta, fui alertado sobre "questoes legais" ligadas a disponibilizacao de copias de musica on line. O departamento juridico do blog ainda esta analisando estas questoes.

Ainda tem as mudancas visuais que eu quero fazer. Queria uma imagem bacana pra ser a cara do blog, mais ainda nao descobri nada. Aceito sugestoes, inclusive! Uma vez que definir entre algumas imagens, posso ate abrir uma enquete pra escolher (faz tempo que nao tem uma, ne?).

As atualizacoes continuam, os textos idem. Alguns estao em desenvolvimento e pretendo publicar logo. Melhor do que ficar lendo sobre planos de atualizacao de uma pagina, nao concordam?

Abracos a todos.

P.S: Hoje nao tem PS. Esse aqui e so pra nao perder a pratica.

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Atualizacoes no blog

Ouvindo: "Fear of the dark", do Iron Maiden.

Galera

Sua garganta nao melhora e voce tem que ficar em casa. Daqui a pouco, vou ao hospital ver por que tenho febre e dor de garganta desde segunda e nunca saro (meu fator de cura deve estar com algum defeito). Enquanto isso, aproveito pra fazer a manutencao do blog (fui trabalhar a semana inteira meio doente, mas hoje nao deu jogo nao...).

A primeira novidade de hoje e a inclusao de novos links no "Links Interessantes", aqui do lado. Alem do site do Pouca Vogal, que voces podem baixar o belissimo trabalho da dupla Gessinger e Leindecker (nao e dupla sertaneja, fiquem tranquilos!), agora tem o endereco dos blogs de minha amiga Joana, la de Morro do Chapeu, e de Sarinha, aqui de Brasilia mesmo. Dois blogs bem bacanas, que aparentemente nao tem nada a ver um com o outro. Diversao, esculhambacao e cultura na certa!

Estou pensando em mudar o layout da pagina, mas tenho medo de perder a identidade visual do blog (se e que ele ja tem uma). Mas vou me esforcar pra colocar mais figurar e imagens, para torna-lo mais atrativo.

A pesquisa sobre a melhor forma de disponibilizar as musicas que ouco enquanto escrevo ainda esta em andamento. Tao logo tenhamos novidades, publicaremos!

Abracos a todos e melhoras pra mim!

P.S: Sarinha, agora nao tem desculpa! Vai ter que atualizar o blog com mais frequencia.
P.S.2: Usei o plural porque o colaborador master Rodrigo tem estado atuante na busca pelo melhor blog. O kibeloco esta com os dias contados!
P.S.3: O blog de Joana tem outras colaboradoras, todas de Morro do Chapeu tambem. Pense num povo que come agua!
P.S.4: Projeto para o final de semana: comprar uma merda de um teclado em portugues. Assim todo mundo vai saber quando escrevo "e" enquanto conjuncao aditiva ou "e" do verbo ser. Afinal de contas, uma escrita perfeita e capaz de arrebatar coracoes (que o diga a Dani, uma de minhas madrinhas de casamento! rsrs).
P.S.5: O problema dos PS? Deixa eles ai. Acho que esse blog sem PS vai deixar de ser esse blog. E Sarinha disse que gosta, o que significa pelo menos 25% de aprovacao entre meus atuais seguidores. rsrsrs

Mais Abracos!

Trilha sonora do blog

Assistindo: Lakers X Nuggets (Os playoffs estao otimos!!!).

Galera

Um update para o post de ontem.

Rodrigo, nosso colaborador mor, achou um dos links das musicas de ontem, pra baixar gratuitamente e legalmente (o link e do site oficial).

Entao, podem baixar "Depois da Curva", de Gessinger e Leindecker. Aproveitem e baixem logo o disco inteiro que garanto que vale a pena!

http://www.poucavogal.com.br/musicas/mp3/02.zip

Rodrigo, valeu mesmo pela forca! Bota naquela conta infinita que tenho ai contigo!

Abracos a todos!

P.S: o link tambem ficara nos "links interessantes" ai do lado. Bom proveito!

terça-feira, 26 de maio de 2009

"Historia estranha" e "Depois da curva"

Assistindo: Cleveland X Orlando (basquete todo dia! I love this game!)
Ouvindo: "A noche sonei contigo", Kevin Johansen.

Hoje eu queria fazer dois post, um pra cada trecho do titulo.

"Historia estranha" e uma musica do Oswaldo Montenegro. Conversei com uma amiga do Rio hoje (oi, Camila!) e ela comentou que achava a minha historia de vida bem interessante. E olha que ela so ouviu um pouquinho da historia! Mas me fez pensar no quanto cada historia e bonita em particular e vou escrever um post inteirinho sobre isso. Por que a musica? Porque falamos hoje sobre como algumas coisas se explicam e tem um verso que fala: "A explicacao que eu sei que em si nao ha". A gente procura explicacoes, mas as vezes as coisas sao a explicacao de per si.

"Depois da curva" e da dupla Gessinger & Leindecker (vai sair o DVD agora em junho ou julho, recomendo desde ja!). Conversei com Sarinha hoje a noite e a conversa foi longa e filosofica. Daquelas cujo resultado vai gerar um post exclusivo tambem. A musica fala sobre a esperanca na mudanca, na melhoria das coisas. E foi minha receita medica pra pelo menos duas pessoas hoje. Recomendo pra voce tambem.

Abracos a todos e Beijos especiais pra Camila e Sarinha. Conversar com voces hoje fez meu dia ficar muito, muito melhor mesmo!

P.S: Tem tres indicacoes de musica, so no post de hoje. De tres estilos diferentes, diga-se de passagem. Recomendo ouvirem as tres!
P.S.2: Rodrigo, meu consultor de tecnologia (acumulando funcoes pela competencia e pelo nepotismo): tem como disponibilizar as musicas aqui? Ou, de repente, iniciar um playlist quando alguem acessar a pagina?
P.S.3: Euzeli, nossas reflexoes tambem virao pra ca. E so questao de tempo! rsrs

Mais Abracos!

Comentarios sobre os comentarios

Assistindo: Lakers X Magic (I'm sorry, Rodrigo! The serie is tied! hehehe)

O ultimo post gerou comentarios. Frase recebida por Rodrigo: "Se Jesus mudou a historia com 12 seguidores, imagine o que ele faria se usasse o Twitter!".

Bem, como eu nao tenho Twitter e nem sei se vou ter, contabilizo um terco dos discipulos (ou seguidores, como queiram! Nao tomem como ofensa, por favor! rsrs) que Jesus tinha. Mas isso e uma questao de tempo. Ou de publicidade. Ou dos dois, sei la.

Minha estrategia? Simples! Rodrigo, que deu a ideia, vai providenciar pra mim esse tal de Twitter (nem sei se e assim que escreve!). Uma vez providenciado, venho, por meio destas mal tracadas linhas, decreta-lo empossado no cargo de auxiliar de marketing, publicidade e propaganda deste blog. E de outras funcoes que eu achar necessarias tambem.

A meta? Progressiva e factivel, e claro!

Ate o minhas ferias de junho (comecam no feriado do inicio do mes): dobrar a quantidade de seguidores do blog.

Ate setembro: 25 seguidores.

Ate dezembro: a definir / negociar.

Considerando a quantidade de amigos no Orkut, acho que nao vai ser tao dificil. Dificil vai ser eu manter o ritmo de atualizacoes que venho mantendo ate agora. E, mais dificil ainda, vai ser escrever sobre algo que prenda a atencao do povo e justifique a existencia de mais seguidores!

Sarinha, Dri Ruiva, Rodrigo e Erika: os primeiros quatro seguidores formais tem privilegios! Digam sobre o que querem que eu escreva e escreverei. Mas aproveitem! A promocao e por tempo limitado!

Abracos a todos!

P.S: Rodrigo, nao se aborreca e nem se ofenda! Enquanto discipulo, ouviras a seguinte frase: "Venha comigo e eu te farei pescador de seguidores!".
P.S: Sim, podemos negociar as metas. Tudo bem.
P.S.3: Ok, Sarinha, eu atualizo o meu se voce atualizar o seu.
P.S.4: Ta certo, Ruiva, estou ausente mesmo. Mas qualquer hora eu apareco.
P.S.5: Erika, sem essa de obrigar a equipe a seguir o blog sob ameaca de tirar a funcao da galera. Essa nao cola!
P.S.6: tinha um tempo que eu nao fazia tantos P.S., ne? Foi um pra cada seguidor, com creditos! rsrsrs

Abracos novamente!

sábado, 23 de maio de 2009

Seguidores

Assistindo: Lakers X Nuggets (final de temporada, galera! Playoffs! Tenho mais e que assistir todos mesmo!)

Salve, minha gente!

Essa semana ganhei mais uma seguidora (a patroa agora acompanha o movimento de perto). E o crescimento vertiginoso do blog me fez pensar numa coisa: eu tenho um grupo de seguidores!

Sabem o que significa isso? Tem nocao? Vamos aos exemplos:

1. Lampiao: comecou com um blog subversivo, criticando as forcas policiais de seu tempo. Ganhou tantos seguidores que se tornou o Rei do Cangaco.

2. Antonio Conselheiro: seu blog de politica era o que mais bombava! Contrario a republica, sua proposta unia contextos religiosos e ideais politicos reacionarios. Tinha tantos seguidores que fundou o Arraial de Canudos e foi perseguido por politicos poderosos e pelos governantes.

3. Zumbi e Martin Luther King: dois grandes do movimento black, cada um a seu tempo, cada um em seu contexto. Ambos proprietarios de blogs sobre o movimento negro. O primeiro pedia o fim da escravatura. O segundo, o fim da desigualdade racial. Ambos foram pro saco por conta de suas ideias. Antes disso, tiveram tantos seguidores que fundaram quilombos (Zumbi) e tiveram grande projecao social e politica (Luther King).

Eu poderia listar outros inumeros exemplos. Pessoas que, gracas a seus seguidores (eu ja tenho quatro), fizeram muito em seu tempo e entraram para a historia.

Vamos fazer a nossa historia, mocada! As Teorias Marconeanas ainda vao conquistar o mundo!

Abracos a todos!

P.S: agora que a patroa esta acompanhando o blog, aquelas mulheres que quiserem fazer o inferno na minha vida, basta postar comentarios engracadinhos e capiciosos.
P.S.2: mulher querida, esposa do meu coracao! Nao ligue pros comentarios maldosos. Eles vem de pessoas que querem nos separar! Eventuais comentarios sobre noitadas e afins pode saber que sao mentirosos!
P.S.3: seguidores, oucam-me! Se apos a publicacao deste post eu sumir, minha esposa Erika e a principal suspeita!

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Minha vida esportiva

Assisti ontem: Universo X Franca, no ginasio da ASCEB.

Assisti ontem, depois de assistir a o que eu disse que assisti na linha anterior: Los Angeles Lakers X Denver Nuggets.

Assisti hoje: Universo X Franca, no ginasio da ASCEB (foram dois grandes jogos, o de ontem e o de hoje!)

Assistindo agora: Orlando Magic X Cleveland Cavaliers, transmitido pela ESPN.


Pelo resumo dos programas que tenho assistido, da pra ver que gosto bastante de esportes, nao e mesmo? E nao e so de basquete nao. Adoro automobilismo e gosto muito de artes marciais tambem. Ja brinquei de volei, fiz natacao e era muito bom em boleado e em 7 pedrinhas (estas ultimas duas modalidades nao sao olimpicas, infelizmente). Mas, sem sombra de duvidas, o melhor de tudo e pensar no que o esporte pode trazer pra voce: as vivencias, a aprendizagem, a maturidade... Senao, vejamos:


Basquete: comecei a jogar basquete na 7a serie do primeiro grau, quando eu fui estudar no Nossa Senhora. E descobri que amava este esporte. Era a epoca em que a Band transmitia a NBA e que o Michael "Air" Jordan era o cara. Fantastico mesmo! Lembro que, um belo dia, subi pra disputar um rebote e a bola ficou com o adversario (Anselmo, ele mesmo, meu grande amigo!). Como nao peguei a bola, ja cai na marcacao. Anselmo girou o corpo e o cotovelo veio no meu nariz, da esquerda para a direita, para ser mais preciso. Meu nariz e torto desde entao. E o esporte ensinando a aceitar as mudancas da vida.


Natacao: todo moleque aprende a nadar, de um jeito ou de outro. Ainda mais quando se tem a chance de ir pro Tareco, a Caldas Novas de Morro do Chapeu. Uma vez que se aprende a nadar, a obrigacao e aprender a "pular de ponta" na agua. Mandar ver um "Marinheiro" mesmo. E isso so e possivel apos um longo processo. Passa-se pela etapa da barrigada integral, que deixa ate as coxas vermelhas (uma coisa linda, imaginem), a barrigada tecnica (so o bucho sofre) e a peitada (nao precisa descrever, ne?). Depois disso, se voce for bem disciplinado, consegue "pular de ponta" e tem o direito a entrar na piscina sem ser pela escada.
O nado tecnico, propriamente dito? Aprendi depois de adulto, por questoes de saude. Precisava cuidar da coluna e fui fazer natacao. Ja sabia pular (fundamental) e nadar com a cabeca pra fora da agua (esse negocio de nadar com a cabeca na agua e burrice, o ser humano nao respira dentro d'agua). O professor me orientou a aprender a Virada Olimpica. Nadava, chegava na ponta da piscina, bebia agua e voltava. Nadava, chegava na ponta da piscina, bebia agua e voltava. A porra da virada olimpica nunca chegava, mas engoli agua com cloro ate dizer chega! E o esporte ensinando a ser perseverante.


Automobilismo: um dia me chamaram para correr de kart e eu disse: claro, por que nao? Sempre sonhei em pilotar velozmente e o kart e uma sensacao fantastica. Velocidade, disputa, competitividade... um sonho que se realizava. No inicio, voce tem que aprender a dominar o kart. Nao e como dirigir um carro na rua, e bem mais complexo e divertido. Voce comeca a sentir dor no braco, as costas sofrem com as pancadas. Desci tonto e com as costas roxas, dos pancadoes que eu levei. E o esporte ensinando a superar adversidades.


Karate: comecei karate quando era crianca, entre 9 e 10 anos. E era muito bom! Disputava torneio de katas e tinha bons resultados. Professor Antonio (grande mestre, sensei de verdade!)as vezes colocava as criancas (eu entre elas) para treinar com os adultos. Ele orientava aos mais velhos: "Voce so defende e orienta o pequeno. Se o pequeno parar de atacar, voce ataca!". E eu pensava: Beleza! Posso bater o quanto eu quiser!". Um dia tivemos um treinamento desses e o colega mais velho deu um passo atras enquanto lutava comigo. Foi a conta! Armei a voadora e mandei ver! O cara, sem cerimonia, deu um leve tapa na minha perna (eu devia pesar meus 35 kg e olhe la!) e cai de coco no chao! Zonzo. Grogue. E o esporte ensinando a ser humilde e reconhecer as limitacoes.
Fiquei fora do karate por muito tempo (nao por causa disso, uma hora conto a historia) e voltei esse ano. Estou super empolgado! Quero me graduar, treinar mais, chegar a faixa preta. E os treinos continuam.
Hoje (ou melhor, ontem, ja que passamos da meia noite), um coleguinha novo foi treinar. Logo no aquecimento, o miseravel estava com uma caneleira de 5kg em cada perna e treinando chutes na altura da minha cabeca. Maior que eu quase 10cm, mais pesado pelo menos 20kg, o camarada era faixa preta. Eu, esperando o realinhamento, tecnicamente falando sou branca. Meu querido novo professor (gente boa o Ricardo, e serio!) me colocou pra treinar com ele. Uma experiencia riquissima! Na hora da luta, entrei com os dois primeiros golpes, mas nao contaram pontos, ja que nao foram bem aplicados. Depois dai, tomei dois chutes no lombo, um soco no ombro (que esta inchado, doendo pra caralho) e um murrao no queijo (doeu e fiquei com uma dor de cabeca retada o dia inteiro). Antes disso, ainda tinha tomado um tapao no pe da orelha do meu professor, num breve treino de aquecimento. E o esporte ensinando a encarar desafios.


Durante o trabalho eu estava refletindo: como e bonita a vida no esporte, nao e mesmo? Quantas licoes, quantas experiencias... fico feliz em poder compartilhar isso com voces! Nao ha palavras para descrever o bem que o esporte nos faz.


Abracos a todos e pratiquem esporte! Sempre. Mas tenham o Dorflex e o Gelol sempre a mao!


P.S: As vezes penso que Andre Bravin estava certo: "Mens sana, o corpore que se foda!".

P.S.2: E eu nem falei das tantas luxacoes e pequenas fraturas que sofria nos dedos por conta do basquete...
P.S.3: Galera, cuidado com o esquema do Dorflex e do Gelol. Automedicacao em hipotese nenhuma!
P.S.4: Sabado eu vou treinar numa academia no P.Sul. Amanha mesmo vou pedir a receita do Dorflex e o Gelol pro meu medico.


Abracos a todos de novo!